Obras

Compartilhe

Obra de saneamento na Linha Vermelha tem Tigre-ADS

Tubos em PEAD da linha Sanipro® são empregados no projeto de coleta de esgoto sanitário ao longo da avenida 29 de Março

  • Saneamento Linha Vermelha
  • Saneamento Linha Vermelha
  • Saneamento Linha Vermelha
  • Saneamento Linha Vermelha
  • Saneamento Linha Vermelha
  • Saneamento Linha Vermelha
  • Saneamento Linha Vermelha
  • Saneamento Linha Vermelha
  • Saneamento Linha Vermelha

Salvador (BA) - A Tigre-ADS foi escolhida como fornecedora de tubos corrugados de polietileno de alta densidade (PEAD) para a obra de saneamento ao longo da avenida 29 de Março, executada pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa S/A).

A via faz parte de um projeto maior do sistema viário de Salvador, bancado pelos governos do Estado e federal. O investimento global é de R$ 1,3 bilhão. O plano de mobilidade dessa região vai beneficiar cerca de um milhão de habitantes.

No final da construção a avenida 29 de Março terá 9,2 quilômetros de extensão e vai integrar o conjunto da Linha Vermelha, projetada para conectar a região do bairro de Cajazeiras - próximo à futura rodoviária - com a região da avenida Luís Viana Filho – nas imediações da Estação Bairro da Paz – linha 2 do Metrô.

A Tigre-ADS forneceu 8.532 metros de tubulação em PEAD da linha SaniPro®, desenvolvida especialmente para aplicação em esgoto sanitário. A opção da Embasa foi por tubos de 1000mm de diâmetro.

O produto se diferencia das demais soluções do mercado por apresentar maior resistência estrutural, facilidade de manuseio e instalação e garantir 100% de estanqueidade do sistema. Além de atender as principais normas internacionais de qualidade, a tubulação SaniPro® também atende a norma brasileira NBR ISO 21138.

Preservação do rio Jaguaribe

O projeto de saneamento proposto pela Embasa prevê a coleta do esgoto sanitário e descarregamento na futura estação de tratamento, evitando o despejo dos dejetos in natura no rio Jaguaribe, manancial que percorre a região da futura avenida.

De acordo com a equipe de engenheiros da Embasa, o traçado da rede de esgoto projetada segue paralelo ao percurso do córrego, o que trouxe vários desafios ao longo de execução.

Um deles é o terreno sedimentar e pantanoso. “A escolha pelos tubos em PEAD da Tigre-ADS conferiu maior agilidade e produtividade à obra, um melhor nível de segurança do trabalho porque dispensamos grandes escavações em terrenos com essas características”, explicaram.

“Também conseguimos menor custo de instalação ao utilizar menos horas mão de obra e equipamentos, além, é claro, de menor impacto social”. Outro ganho significativo foi o cumprimento do cronograma de execução.

“Graças à praticidade da instalação dos tubos em PEAD SaniPro®, a equipe conseguiu recuperar os prazos da obra, retomando trechos que estavam inacabados e ainda avançar mais, aproveitando o período de estiagem da região.”

 

Saiba mais em no site oficial da Tigre-ADS do Brasil.